O que é livre demanda

on
Amamentação em livre demanda
A Livre demanda nada mais é que amamentar o bebê sempre que ele quiser

Você provavelmente já ouviu falar da Livre demanda, ou com certeza irá ouvir em algum momento da sua gravidez ou pós-parto.

A Livre demanda nada mais é que amamentar o bebê sempre que ele quiser, ou seja, logo que ele apresente os primeiros sinais de que está com fome a mãe oferece o peito.

A Livre demanda nada mais é que amamentar o bebê sempre que ele quiser

Os sinais mais comuns que o bebê mostra quando quer mamar são movimentos com a boca (virando a cabeça para os lados), chupar os punhos e mãos, e o choro.

Quando o meu filho nasceu, fui orientada pela maternidade a amamentar de 3 em 3 horas, 15 minutos em um peito e 15 minutos em outro. Porém, assim que cheguei em casa percebi que meu filho demostrava os sinais bem antes das 3 horas estabelecidas, por isso optei pela livre demanda.

E eu sinceramente, não ficava contando os minutos que ele ficava em um peito ou em outro.

Por que amamentar em Livre demanda?

Você já parou para pensar que, quando o bebê está dentro do útero ele se alimenta em livre demanda através do cordão umbilical? Segundo o pediatra Moises Chencinski, criador da página no facebook Eu Apoio Leite Materno, este é o exato motivo pelo qual o bebê precisa mamar quando tiver vontade.

Além disso, também não devemos controlar o tempo que o bebê ficará em cada seio. Sendo assim, ele deve esgotar um seio primeiro e só depois ser passado para o outro.

Quais os benefícios

Os benefícios da livre demanda são:

  • Menor probabilidade de perda de peso do bebê após o nascimento;
  • Estimula a descida do leite da mãe;
  • Regula a quantidade de leite produzido pelo organismo da mãe;
  • Ajuda na prevenção de dor e leite empedrado no seio;
  • O bebê fica menos ansioso, evitando que ele machuque o seio da mãe.

A orientação mundial é que o leite materno seja oferecido exclusivamente até os 6 meses de vida da criança. E após o sexto mês deve ser mantido, juntamente com a introdução alimentar, sendo prolongado até que a criança complete 2 anos.

Amamentação em Livre demanda
Amamentação em Livre demanda apresenta diversos benefícios para mãe e bebê

O bebê vai me fazer de chupeta ou vai ficar mal acostumado?

Primeiramente, a livre demanda significa satisfazer a necessidade de sucção do bebê. O leite materno tem digestão rápida, por isso é absorvido pelo estômago do bebê em um tempo curto. Ou seja, ele irá solicitar o peito com maior frequência sim.

Porém, é importante salientar que o bebê pode querer o peito da mãe por diferentes motivos, e não só por sentir fome.

Geralmente ele vai querer mamar quando estiver com sono, ou simplesmente para sentir o contato e cheiro da mãe, ouvindo seus batimentos cardíacos (que ele acostumou a ouvir quando estava dentro da barriga).

E não há existe nenhum problema nisso. Não significa que você terá um bebê manhoso e mal acostumado que só quer saber de peito e colo, e que ele será um sugador totalmente dependente de você. Amamentar também é criar vínculo entre mãe e filho.

Obviamente que ele estará “chupetando” o seu peito, mas lembre-se que a chupeta surgiu anos luz depois do primeiro ser humano. E ao contrário do seu peito que tem água, proteínas, vitaminas, imunoglobulinas e muitas outras inas, a chupeta é apenas um pedaço de silicone que, não irá alimentá-lo e pode até atrapalhar a amamentação.


Claro que, cada mãe escolhe como vai amamentar ou por quanto tempo irá amamentar. Mas se você quer amamentar por livre demanda, oriente-se e peça ajuda se precisar.

1 comentário Adicione o seu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *