Grávidas e viagens: o que pode e o que não pode

Estamos na época das férias de verão, e você provavelmente planejou com antecedência e esperou ansiosamente pela sua viagem.

Mas para quem está grávida é importante tomar algumas precauções, além de buscar informações antes de viajar.

Viajando de avião

Viajando de avião grávida
Antes de viajar verifique a s regras com a companhia aérea e converse com seu obstetra.

Entre o primeiro e o segundo trimestre, as viagens de avião são permitidas sem problema algum, contanto que você não esteja com gravidez de risco, ou algum outro problema de saúde. Se for este seu caso, o indicado é esclarecer suas dúvidas com seu obstetra antes de viajar.

À partir do último trimestre viajar de avião começa a ficar mais desconfortável, por isso se puder evitar melhor (principalmente viagens muito longas). Porém, normalmente não há problema em viajar até o oitavo mês, desde que não exista histórico de complicações durante a gravidez e tenha sido permitido pelo seu médico.

É importante também, verificar com a companhia aérea antes de comprar a passagem, pois algumas empresas só permitem voo até a 28a semana de gravidez.

Cuide de sua alimentação

Escolha bem seus alimentos quando estiver fora de casa
Escolha bem seus alimentos quando estiver fora de casa

Tome cuidado com a alimentação fora de casa para não correr o risco de ter uma intoxicação alimentar.

Evite comer verduras cruas, frutas com casca, ovos crus, molhos caseiros, sucos naturais e principalmente cuidado com as carnes mal passadas. Procure por bons restaurantes e opte por alimentos mais leves.

Use repelente

Não esqueça de carregar o repelente na bolsa
Não esqueça de carregar o repelente na bolsa

Principalmente no verão (devido ao calor e chuvas) e se o destino for lugares com incidência de Dengue, Chikungunya e Zika, não esqueça de passar bastante repelente.

O Zika vírus pode causar a microcefalia no bebê, pois atinge a placenta e o líquido amniótico.

Não se sabe ao certo qual trimestre da gravidez é mais cautelosa, porém o primeiro trimestre é sempre mais crítico, já que, o maior desenvolvimento do bebê acontece nesta fase.

É importante salientar que nem toda grávida que contrair o Zika terá um bebê com microcefalia, e que não há uma fase da gravidez que seja menos perigosa que a outra.

Portanto não esqueça de pedir indicação ao seu obstetra sobre quais repelentes você pode utilizar.

Não beba água da torneira

Prefira água mineral quando estiver fora de casa
Dê preferência para água mineral, evitando desta maneira, ingerir água contaminada

Não confie na água da torneira para beber. Prefira sempre água mineral quando estiver em um lugar desconhecido, pois nunca se sabe quanto tempo faz que a caixa de água foi limpa ou o filtro da torneira trocado.

E em restaurantes prefira água mineral ou sucos prontos, evite os naturais que podem ser feitos com água da torneira.

Atenção aos passeios

Agora é o momento de relaxar e descansar
Aproveite a viagem para relaxar e descansar

Por mais que você se sinta bem e a barriga não esteja tão grande assim, vale o seu bom senso. Gravidez não é doença, porém agora não é o momento de se aventurar em caminhadas longas, trilhas pesadas ou esportes radicais que possam gerar alguma sobrecarga ou eventuais perigos como quedas, escorregões, etc.

Opte por viagens mais tranquilas pois agora é o momento de relaxar e curtir essa fase maravilhosa! 😍


Sendo assim, viaje com tranquilidade e aproveite suas férias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *